Copa Jaboatão realiza quinta edição em maio

O formato da competição será semelhante ao da Copa do Mundo.

Uma das competições mais tradicionais do calendário do futebol society em Pernambuco, a Copa Jaboatão já tem data para acontecer este ano. A quinta edição do torneio será realizada nos dias 12, 13 e 14 de maio, na Arena Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, e reunirá 32 equipes de todo o Estado. O formato da competição será semelhante ao da Copa do Mundo. 

Em 2017, a Copa Jaboatão de Futebol Society premiará o campeão com R$ 2 mil, o vice com R$ 500, o terceiro lugar com R$ 100, esse último valor também será dado ao artilheiro. Além disso, o autor do gol mais bonito e os vencedores do torneio receberão troféus e medalhas.

Na primeira edição, o time da Pioneira levantou o troféu. No ano seguinte, o título ficou com o Galáticos FC. América e Náutico completam a lista de campeões da Copa Jaboatão de Futebol Society.

UPE lança processo seletivo com 20 vagas

Segundo o edital do certame, inscrições poderão ser feitas até 7 de maio 

A Universidade de Pernambuco (UPE) realizará processo seletivo para a contração temporária de 20 técnicos em laboratório. Segundo o edital da seleção, publicado no Diário Oficial do Estado, os aprovados atuarão no Complexo Hospitalar da instituição de ensino.


De acordo com Diário Oficial do Estado, a seleção contará com avaliação curricular e os selecionados deverão atuar na área de análises clínicas. Durante a análise, a experiência profissional dos candidatos será levada em consideração. A remuneração salarial para os aprovados será de R$ 937.

Os interessados em participar do certame poderão se inscrever, por meio do endereço virtual da seleção, de 10 de abril até 7 de maio. A taxa de participação custa R$ 50. Segundo o cronograma do processo seletivo, o resultado final será anunciado no dia 2 de junho. Outros detalhes informativos podem ser obtidos no edital. 

Centro de Educação Ambiental de Olinda reabre para o público

Um espaço onde o meio ambiente é respeitado foi devolvido para o público de Olinda. O Centro de Educação Ambiental – Espaço Bonsucesso (CEA), localizado na Estrada do Bonsucesso, 306. O local é uma parceria entre a Secretaria Executiva de Meio Ambiente e o Ministério do Meio Ambiente que atende toda a população com um trabalho voltado para a sustentabilidade e preservação ambiental. 

Os estudantes do quarto ano da Escola Municipal Maria da Glória Advíncula, localizada no Guadalupe, tiveram a oportunidade de aprender sobre o meio ambiente em que habitam, como a sua casa, seu quarto, sua escola e a natureza, principalmente na preservação da fauna e da flora. “Aqui eles estão podendo ver na prática tudo que aprendem dentro da sala de aula” afirmou a secretária executiva de Meio Ambiente, Silvânia Cabral.  Além disso, colocaram a mão na massa para fazer papel reciclado e compostagem, que no futuro servirá de adubo para as praças do município. O aluno Almir Ferreira, nove anos, aproveitou bastante a visita. “Aprendi coisas novas aqui e pretendo ensinar pros meus irmãos e colegas”, disse.

A área é composta por um posto de coleta e depósito para papel, papelão, plástico, metal e vidro, que regularmente é removido pela Associação dos Recicladores de Olinda, gerando verbas para a entidade. O Grupo de Idosas Nossa Senhora do Rosário se reúne no local para produzir almofadas, chapéus, entre outros objetos de decoração, a partir de retalhos de tecidos que são recolhidos pela unidade. Nas segundas-feiras, às 9h, elas já começam a costurar seus produtos e esperam novas pessoas para aprender o ofício junto com elas. “Esse é meu primeiro ano aqui e estou gostando de tudo, estou ensinando e aprendendo, isso é muito bom para uma pessoa na minha idade”, contou  Maria Aurea, 69 anos.

APRENDIZAGEM – Além dos já citados, a localidade é formada por duas salas conhecidas como Sala Verde Marim dos Caetés, onde são realizados cursos. Na Sala de Capacitação são ministradas palestras e aulas para os visitantes.

TI estadual contra Lei do Uber

O consenso entre as quatro instituições é de que o a ideia de regulamentação é inevitável

A aprovação no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 05/04, do texto-base de projeto de lei federal que trata do transporte particular por meio de aplicativos de telefone celular - adotando um texto defendido por empresas como Uber, 99, Easy e Cabify - continua provocando reações em vários segmentos da sociedade.Ontem, o setor de tecnologia da informação (TI) de Pernambuco representado por Assespro, Softex, Seprope e Porto Digital convocou uma coletiva de imprensa para alertam que o dispositivo aprovado pode colocar em risco a cadeia produtiva da inovação no Brasil. 

O consenso entre as quatro instituições é de que o a ideia de regulamentação é inevitável, porém, as emendas que impõem regras - sobretudo a que pode converter os serviços em concessão pública - são “equívocos e erros” que vão de encontro ao conceito de “inovação tecnólogica e ao progresso competitivo de todo o País”.

Com a menor interferência governamental, o Porto Digital pôde prosperar e se tornar uma referência no Brasil todo”, exemplificou o presidente o órgão, Francisco Saboya. “A gente não pode deixar de alertar a sociedade sobre medidas retrógradas que levem o País de volta ao século 20”, criticou. “Que o governo regulamente, mas deixe o serviço fluir.”

Para crianças e adultos, Caixa Cultural oferece oficinas de contação e música

A oficina-espetáculo Cantando Histórias para Ler o mundo mostra o processo de aprendizagem através da leitura e da música

A Caixa Cultural Recife oferece oficina-espetáculo intitulada ‘’Cantando Histórias para Ler o Mundo’’ para pais, filhos, profissionais e escolas a fim de incentivar as habilidades de leitura e escrita através da literatura e da música. As oficinas, gratuitas, ocorrem dos dias 19 a 23 deste mês.

O projeto conta com seis oficinas para escolas, uma para profissionais de áreas como educação, arte, psicologia e assistência social, e uma programação exclusiva dedicada para pais e filhos. ‘’É importante a presença dos pais e não de babás ou cuidadores para que se aprenda e tenha a conexão com os filhos", observa a assessora de Imprensa do local, Juliana Romão.

O artista plástico e pesquisador Joaquim de Paula é o idealizador do projeto. Há mais de 20 anos ele se dedica à pesquisa e desenvolvimento de projetos pautados na importância da dimensão pedagógica da literatura por meio de contação de histórias, se preocupando também com a interação entre o adulto e a criança.

Para as escolas, serão seis oficinas com 40 vagas cada, nos dias 19, 20 e 21 de abril pela manhã (9h às 11h) e tarde (14h às 16h) para grupos escolares do Ensino Fundamental I. Inscrições pelo e-mail gentearteirape@gmail.com até 17 de abril.

Para profissionais, será uma oficina de capacitação com 30 vagas no dia 22, das 13h às 19h. As inscrições podem ser feitas até 17 de abril, por e-mail, com envio dos dados pessoais e um pequeno texto sobre o interesse em participar da atividade.

Para pais e filhos, será uma atividade com 50 vagas voltada para crianças de qualquer idade no dia 23, das 14h às 16h. Nessa categoria não há inscrição - senhas serão distribuídas uma hora antes.

Carta Aberta dos Conselheiros Tutelares a Sociedade Olindense

Olinda é uma cidade de grandes histórias, culturas e batalhas numa condição de referência em vários aspectos. Uma cidade com quase quatrocentos mil habitantes, um povo guerreiros que em todas as conquistas que tiveram foram com o suor de muitas lutas.  

Olinda é uma cidade referência em muitos seguimentos, cidade patrimônio, capital da cultura, cidade educadora, cidade amiga da criança dentre tantas outras. São títulos que nos referenciam com relação às políticas públicas implementadas ao longo de anos, resultado de muito debate, consulta social e democrática, um legado que precisamos lutar com unhas e dentes frente aos ataques conservadores que vem acontecendo no Brasil e em nossa cidade, lutaremos por nenhum direito a menos. 


Nós Conselheiros e Conselheiras Tutelares de Olinda integramos uma rede de assistência à criança e adolescente que tem uma importância impa para a efetivação dos direitos a esses jovens, somos um órgão autônomo justamente para cumprir nosso papel fiscalizador de maneira imparcial e independente, para isso buscamos sempre manter uma relação de diálogo e harmonia com os demais órgãos do sistema de garantia de direitos do município. 

Porém nos últimos meses tivemos essa relação interrompida de maneira arbitrária e inexplicável, desde início da nova gestão municipal do Prefeito Professor Lupércio, onde por diversas vezes buscamos o diálogo e a parceria no sentido de seguirmos buscando o melhor para as políticas de assistência social das crianças e adolescentes de Olinda. 

O que tivemos como resposta foi uma série de verdadeiros ataques por parte do atual Secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos da Cidade, aonde decisões sem nenhum diálogo vem interferindo diretamente na nossa atuação, nesses três meses da nova gestão tivemos por diversas vezes nosso trabalho interrompido por problemas estruturais como, veículo quebrado, falta de gasolina, impressora danificada, falta de internet, telefonia e etc. As ações repressivas agora estão atingindo diretamente a autonomia do Conselho Tutelar o órgão que é regido por uma lei federal e também por uma lei municipal. 

Nossa carta pública tem como objetivo informa a sociedade sobre os problemas que estamos enfrentando frente à gestão do Professor Lupércio, temos grandes desafios com as políticas públicas das crianças e adolescentes não podemos retroceder, nossa luta será sempre no sentido de avanço, não deixaremos nenhuma atitude nos calar, seguiremos lutando.  

Assinam Esta Carta os Conselheiros Tutelares de Olinda

Claudia Roberta, Luiz Carlos, Roberto Santana, Hilda Queiroz, Anderson Araújo, Polyanna Alves, Eurico Guedes, Charles Cleber, Luciene Salustiano e Josué Venceslau

Abril Pro Rock reabre o Centro Cultural Correios

Parte do centro cultural exibirá a 6ª edição da exposição Poster Arte Design

Paulo André Moraes comanda o abre oficial da programação do Abri Pro Rock, nesta quarta (12). O evento conseguiu feito e tanto: a reabertura de parte do Centro Cultural Correios, fechado há dois anos, com a 6ª edição da exposição Poster Arte Design. O tema é “Festivais do Mundo”, com posters, cartazes e prints de vários países. Depois, às 22h, tem a primeira noite do Abril Pro Rock Club, em que rolam shows menores. Bruno Solto faz abertura com o show do seu segundo CD solo, no Apolo 17.


Humberto diz que Temer vai fechar 400 farmácias populares

Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT) denunciou que o presidente Michel Temer (PMDB) vai fechar quase 400 unidades do programa Farmácia Popular mantidas pela União. A medida, segundo ele, acontece depois do peemedebista cortar 20% dos estabelecimentos particulares credenciados na iniciativa. 

Em discurso no plenário da Casa, nessa quarta-feira (5), o senador pernambucano lamentou a decisão do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), de reduzir a quantidade de farmácias, o que vai, segundo ele, “prejudicar diretamente os mais vulneráveis, principalmente os idosos”.

“Um programa que chegou a atender quase 10 milhões de pessoas por mês está sendo completamente destruído por um governo que dá as costas à população mais pobre e a entrega aos próprios infortúnios”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, as farmácias credenciadas funcionam como um posto de medicamentos onde os consumidores conseguem comprar remédios a preços populares. “Isso é fundamental para milhões de famílias sem condições financeiras”, ressaltou. 

O Farmácia Popular foi criado em 2004 por Humberto, então ministro da Saúde do Governo Lula. Além dos medicamentos gratuitos para hipertensão, diabetes e asma, o programa oferece mais 11 itens, gratuitos ou com preços até 90% mais baratos, utilizados no tratamento de dislipidemia, rinite, mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma, bem como contraceptivos e fraldas geriátricas para incontinência urinária.

Fonte: LeiaJá