CONFERÊNCIA NACIONAL POPULAR DE EDUCAÇÃO JÁ TEM DATA E CALENDÁRIO PARA AS ETAPAS MUNICIPAIS E ESTADUAIS


Após o golpe implantado em nossa democracia e a materialização do processo de desmonte da educação brasileira e do próprio Fórum Nacional de Educação (FNE), foi lançado nesta terça-feira (20), a Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE), que ocorrerá em abril de 2018.

A Conferência é fruto dos processos de crítica e resistência feita pelo conjunto de entidades de educação, sobretudo às ações e políticas encaminhadas pelo Ministério da Educação, capitaneado pelo ministro Mendonça Filho (DEM), principalmente no que tange as reformas no ensino médio e alteração da composição do FNE, que excluiu diversas representações que participavam da construção do fórum e que sempre serviu - até o momento em que foi desmontado pelo governo Temer - como um importante espaço de permanente interlocução entre a sociedade civil e o Estado brasileiro.

Além da conferência, as entidades também organizaram o Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), um espaço de resistência e de diálogo para os diversos atores envolvidos com educação e que conta com ampla participação dos setores e organizações de todo país. O fórum terá a função de exercer o controle social de acompanhamento da execução e do cumprimento das metas Plano Nacional de Educação, organizar a CONAPE, intensificar as cobranças e pressões sobre o governo federal, principalmente no que diz respeito ao financiamento da educação pública, valorização dos(as) trabalhadores(as) da educação e cumprimento dos planos estaduais e municipais.

A Conferência Nacional Popular de Educação já tem o seu calendário. As etapas municipais serão entre os meses de julho e outubro. Já as conferências estaduais e distrital ocorrerão entre os meses de novembro de 2017 a março de 2018 e no dias 26, 27 e 28 de abril, acontecerá a etapa nacional.

Recife pelas Diretas

Artistas e cidadãos se reunirão neste domingo (11) para mais um ato em defesa das Diretas Já. Desta vez, o palco será montado no Cais da Alfândega, no Bairro do Recife, das 14h às 22h, para o 'Recife pelas Diretas'. O ato ocorre uma semana após o 'Não me venha com indiretas', que pediu a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e a realização de eleições diretas, na Praça do Carmo, em Olinda. 

Na página do 'Recife pelas Diretas' no Facebook, o grupo organizador apresenta o 'Manifesto Recife pelas Diretas Já'. Nele, os manifestantes afirmam que o País "vive a maior cris social, política e institucional do século, mergulhado em sombras e incertezas e descrédito nas instituições nacionais, com profundos abalos no sistema democrático". 

"O presidente Temer já provou não reunir as mínimas condições éticas, técnicas e de governabilidade para conduzir o País - cada dia dele no poder representa não apenas ameaças às políticas públicas, mas um insulto a cada brasileir@ contrári@ a essa cultura de privilégios, de apropriação dos bens públicos e corrupção, de exploração e devastação, que tem caracterizado o Brasil", afirma o manifesto.

Anvisa registra primeiro teste de farmácia para detecção do HIV

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou esta semana o primeiro autoteste para detectar o HIV a ser comercializado em farmácia, como outros testes comuns. O Action, nome comercial do produto, será fabricado pela empresa Orangelife Comércio e Indústria e dará o resultado em até 20 minutos. O valor do teste será definido pelo fabricante.

A ideia do registro do autoteste do vírus da aids vinha sendo estudada desde 2015, ano em que a Anvisa havia regulado o registro de produtos para diagnóstico in vitro do HIV.

Assim como alguns aparelhos que são usados para a medição de glicose por diabéticos, o teste de HIV vem com um líquido reagente, uma lanceta específica para furar o dedo, um sachê de álcool e um capilar (tubinho para coletar o sangue). O resultado aparece na forma de linhas que indicam se há ou não presença do anticorpo do HIV. A presença do anticorpo mostra que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a aids.

Apesar de demonstrar 99,9% de sensibilidade e efetividade, o teste só poderá indicar a presença do vírus 30 dias depois da situação de exposição. Caso o teste dê positivo, a pessoa deve procurar um serviço de saúde. Em caso de resultado negativo, o teste deverá ser repetido após 30 dias.

A situação de exposição começa a contar a partir do momento em que a pessoa possa ter tido o contato com o vírus da aids, seja em uma relação sexual sem proteção ou com o compartilhamento de agulhas. O tempo de 30 dias é o período que organismo precisa para produzir anticorpos em níveis que o autoteste consegue detectar.

Se uma nova situação de exposição ocorrer após este período um novo teste precisa ser feito, respeitando o prazo necessário para detecção e as confirmações necessárias.

Vestibular 2017.2. - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) anunciou, a abertura de 2.431 vagas para o vestibular do meio do ano da instituição. As inscrições para o Vestibular IFPE 2017.2 e seguem até o dia 11 de junho.

A novidade da seleção é a oferta do curso técnico em Enfermagem no Campus Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. O curso, ofertado na modalidade Subsequente – aquela em que se exige o ensino médio completo – já era oferecido em um campus do agreste pernambucano, o IFPE Belo Jardim.

A nova edição do processo seletivo é válida para os 16 campi do Instituto nas cidades de Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão.

Entre os cursos ofertados, há 7 (sete) na modalidade Integrado, voltado para quem deseja aliar a formação técnica às disciplinas do Ensino Médio; 31 (trinta e um) na Subsequente para quem já concluiu o Ensino Médio e 2 (dois) cursos na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), para aqueles que têm mais de 18 anos e não concluíram o Ensino Médio. Já no nível Superior, essa edição oferece somente o curso de Licenciatura em Química, no Campus Barreiros.

Inscrições - Para se inscrever, os candidatos devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos do IFPE (cvest.ifpe.edu.br), preencher a ficha de inscrição e emitir o boleto, no valor de R$ 30 para cursos técnicos e R$ 55 para o curso superior. O pagamento deve ser feito somente nas agências do Banco do Brasil até o dia 12 de junho. A inscrição é gratuita para os que concorrerão às vagas dos cursos Proeja.

Aqueles com renda inferior ou igual a um salário mínimo e meio, oriundos de escolas públicas, bolsistas de escolas privadas e egressos de programas como o Mulheres Mil e o Proifpe podem solicitar gratuidade na inscrição até o dia 25 de maio, através do site cvest.ifpe.edu.br. Depois, o candidato deve procurar o campus onde pretende concorrer à vaga, no período de 22 a 26 de maio, das 9h às 12h e das 14h às 17h, para entregar a documentação exigida no edital. A lista dos contemplados com a isenção será divulgada no dia 31 desse mês. Todos os candidatos que conquistarem a isenção já estarão automaticamente inscritos no Vestibular 2017.2.

Provas - Marcadas para o dia 2 de julho, as provas terão 30 questões de múltipla escolha, no caso dos cursos técnicos, e 50 para os cursos superiores. Nesse último caso, os candidatos também terão que fazer uma prova de redação. A data prevista para divulgação do listão com o nome dos aprovados é 12 de julho.

Acessibilidade - Aqueles candidatos com deficiência motora, visual ou auditiva podem solicitar a aplicação da prova em condições especiais. A CVEST pode disponibilizar, por exemplo, um fiscal para marcação do gabarito, uma versão da prova com fonte ampliada, um ledor para prova ou mesmo um intérprete de Libras. Para realizar a prova em regime especial, basta apresentar requerimento, disponível no Manual do Candidato, que se encontra no site da Comissão, e entregá-lo devidamente documentado com atestado médico contendo diagnóstico e CID (Código Internacional de Doenças), no período de 22 de maio a 12 de junho.

Cotas - Metade das vagas do Vestibular 2017.2 é oferecida pelo Sistema de Cotas e reservada para candidatos oriundos da rede pública de ensino. No momento da inscrição, esses candidatos poderão optar por subcotas de renda ou etnia. A primeira é destinada a quem tem renda familiar per capta de até um salário mínimo e meio. A segunda opção é voltada para negros, pardos e índios. Ainda há cotas para moradores da zona rural ou filhos de agricultores que optem por cursos de vocação agrícola. Nesse caso, a reserva é de 25% das vagas de ampla concorrência (não cotista).

Outras informações podem ser obtidas através do site: cvest.ifpe.edu.br ou pelo telefone: (81) 2125-1724.

Olimpíada Brasileira de Robótica com inscrições abertas

Estudantes matriculados em escolas do ensino fundamental, médio e técnico de escolas públicas e privadas de todo o país podem se inscrever, até esta sexta-feira (26), na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) 2017. O evento, coordenado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação, tem como objetivo premiar alunos que vencem desafios e apresentam bom desempenho na área.


A OBR será dividida em duas modalidades: prática e teórica. Na moralidade teórica, os alunos não precisam ter conhecimento específico de robótica. Na primeira fase, as provas serão feitas nas próprias escolas de cada estudante inscrito e as questões envolvem conteúdos para se resolver problemas práticos do dia a dia a partir da robótica.

Já na prática, os estudantes passarão por desafios: equipes de até quatro alunos terão que construir um robô totalmente autônomo, ou seja, sem controle remoto, e que seja capaz de navegar por um terreno acidentado, localizar vítimas e resgatá-las. Os inscritos nessa modalidade terão que participar de eventos regionais e, de acordo com sua classificação, participarão das etapas estaduais e da final nacional, que ocorrerá em Curitiba, em novembro deste ano. Mais informações e inscrições: http://www.obr.org.br/

Após confusão, audiência sobre o Pacto pela Vida é suspensa na Alepe

Cerca de 60 organizações e movimentos sociais participam,da audiência pública

Após discussões entre deputados, foi suspensa, na manhã desta quinta-feira (25), a audiência sobre o Pacto pela Vida na Assembleia Legislativa de Pernambuco, na área Central do Recife. Cerca de 60 organizações e movimentos sociais participavam da reunião, convocada pela oposição, desde as 10h. Mais cedo, os movimentos realizaram um ato e levaram ao local cem cruzes para representar as 2.037 mortes que ocorreram, nos últimos 4 meses, em Pernambuco. 

“Nós lamentamos, mas não vamos encerrar esse debate. Vamos convocar nova audiência pública. Encerrou a sessão. Mas não vamos aceitar”, afirmou o líder da Oposição, deputado Sílvio Costa Filho (PRB). Já o presidente da Comissão de Justiça e Direitos Humanos, Edilson Silva (PSOL) disse que “Pode ser que volte aqui, mas a Oposição só vai topar voltar se houver audiência mesmo e não golpe”.
"Hoje foi uma operação pra calar a oposição e a sociedade", disse o deputado Silvio Costa. Ele informou que, à tarde, será encaminhado ao presidente da casa, Guilherme Uchoa (PDT), um pedido para fazer uma nova audiência, em caráter urgente. 

A audiência contou com a presença dos secretários Angelo Gioia (Defesa Social), Pedro Eurico (Justiça), o procurador-geral do Estado, César Caúla, o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu, o comandante da Polícia Militar, Cel. Vanildo Neves, e o chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral. O sociólogo José Luiz Ratton, idealizador do Pacto pela Vida, também participaria da audiência, mas não foi visto pela reportagem.

Ao final da sessão o deputado Edilson Silva ainda fez um pequeno discurso para as pessoas que compareceram à audiência: "A sociedade quer participar, precisa estar junta, de mãos dadas. A segurança pública não vai ser resolvida só com o Governo, mas com a participação pública. O que vimos aqui foi um gesto de quem não está nem aí".

O deputado Silvio Costa Filho também deixou lamentou o ocorrido, “Não é só um desrespeito à bancada da oposição, mas ao povo de Pernambuco e aos movimentos sociais. Esse governo é arrogante, intransigente e está sendo investigado pela PF”.

Silvio Filho ainda afirmou que o governo deveria ter humildade em ouvir a sociedade sobre a segurança pública, "mas eles querem atropelar todos nós”. O deputado também criticou os deputados, que pedem voto aos eleitores, porém “na hora de chamar o povo pra debater eles tentam abafar uma audiência dessa”. “Não vamos aceitar que eles calem o povo de Pernambuco. Eles têm a máquina, jogam com malandragem e com um jogo pesado. Vamos para o enfrentamento e não vamos cair o jogo deles”, completou o deputado.

Walmart Brasil contrata pessoas com deficiência


Walmart Brasil está recrutando pessoas com deficiência para trabalhar nos escritórios nas cidades de Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo. Há vagas para assistentes, analistas e liderança de áreas administrativas, como por exemplo, Finanças, RH, Comercial, Atendimento ao Cliente, Marketing, entre outras.

Os candidatos devem ser maiores de 18 anos e possuir ensino superior completo. Para vagas de assistentes, é necessário ter, no mínimo, ensino médio completo. Não é exigida experiência no setor varejista.

Os interessados devem enviar currículo com o código #oportunidadeparatodos para o e-mail selecaoho@wal-mart.com

Os contratados terão direito à Assistência Médica e Odontológica, Seguro de Vida em grupo, PPR e vale-transporte.

Artistas participam de eleição para o Conselho Municipal de Políticas Culturais de Olinda

Num total de doze segmentos distintos que têm como objetivo discutir, monitorar e desenvolver atividades culturais na Cidade, os cidadãos cadastrados na Secretaria de Cultura de Olinda vão participar da votação para o Conselho Municipal de Políticas Culturais. A eleição acontece na Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda – SEPAC (Rua de São Bento, 160, Varadouro) na próxima quinta-feira (25.05), das 8 às 18h.

Os eleitores vão votar nos responsáveis por cada área do segmento cultural, tais como música, artes plásticas, artes visuais, artes cênicas, trabalhadores da cultura, costumes e saberes, carnaval, artesanato, patrimônio, cultura popular, literatura e entidades não governamentais. No dia 13 de junho, data da posse dos eleitos, também ocorre a divulgação para o próximo presidente do Conselho de Cultura, ocupado atualmente pelo produtor artístico cultural, compositor e ator Sérgio Bezerra. Confira abaixo os segmentos e os candidatos correspondentes:


Frente realizará audiência na Comunidade do Tururu

A Frente de Combate ao Extermínio da Juventude Negra da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realizará, na próxima quarta-feira (24), às 10h, audiência pública na quadra poliesportiva da comunidade do Tururu, no Janga, em Paulista. A frente vai reunir parlamentares, autoridades, movimentos sociais e sociedade civil para discutir o tema “os caminhos para uma comunidade sem violência”.

A audiência foi solicitada pelo Movimento Coletivo Força Tururu, grupo que trabalha com a comunicação popular e comunitária para a redução da violência e extermínio da juventude. A audiência pretende abordar o alto índice de jovens negros assassinados em comparação com as mortes de jovens brancos.

Dos mais de 5,5 mil municípios brasileiros, Paulista é uma das 200 cidades mais violenta do País, e a terceira mais violenta do Estado. No ano de 2016, o município somou um aumento de quase 40% no número de homicídios, para cada 100 mil habitantes. Os dados são da Frente Parlamentar.

A Semana do MEI conta com programação em Olinda

Neste mês de maio, entre os dias 22 e 26, Olinda recebe a Semana do Microempreendedor Individual. É a oportunidade para todos aqueles que investem no seu trabalho e impulsionam diariamente o crescimento da cidade, podendo agora se regularizar, tirar dúvidas e obter mais chances para avançar em seu negócio. Por meio de parceria entre a Prefeitura de Olinda e o Sebrae em Pernambuco, a Semana do MEI será realizada no CAIC de Peixinhos, localizado na Avenida Presidente Kennedy, com atendimento entre 14h e 22h. Para participar, não é preciso pagar nada, contando ainda com diversas palestras, emissão de documentos e consultorias em gestão empresarial.

O vendedor de lanches, a cabeleireira, o artesão e todos que trabalham por conta própria vão encontrar todo o apoio necessário para dar andamento na sua atividade. A ação conjunta conta com o apoio de diversas secretarias, oferecendo a realização de cadastro mercantil, notas fiscais eletrônicas, alteração e baixa, declaração anual, número de inscrição estadual, impressão de DAS (Documento de Arrecadação Simplificada), entre outros. A Semana do MEI ainda será a porta de entrada para quem busca se regularizar com a Vigilância Sanitária e a legislação de Controle Urbano, obtendo as licenças necessárias para não esquentar a cabeça.

Ainda nas oficinas serão abordados temas como plano e modelo de negócio, formalização e planejamento, finanças e tributação, tendências de mercado, ferramentas digitais e aproximação com fornecedores e clientes. A programação completa você confere aqui. Programe-se, traga seus documentos de identificação, como CPF e CNPJ, e não perca mais tempo para alavancar os seus sonhos.

Ocupar as ruas para exigir #ForaTemer e #DiretasJá

Dia 21 de maio, a concentração está marcada para às 13h, no Marco Zero da cidade, no Recife Antigo.

A Frente Brasil Popular  e a Frente Povo Sem Medo convocam todos e todas para construir atos e manifestações em todas as capitais do Brasil para exigir a saída do presidente Michel Temer e eleições diretas.

As provas divulgadas hoje de corrupção e suborno para calar o ex-deputado Eduardo Cunha comprovam, o que há mais de um ano afirmamos, que o presidente ilegítimo Michel Temer não tem nenhuma condição de continuar na presidência da República.

Só o voto popular pode resolver essa imensa crise política, resgatar a democracia e credibilidade na principal instituição brasileira. Qualquer outra saída será golpe dentro do próprio golpe.

É por isso que as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocam todos e todas para ocupar as ruas no próximo domingo, dia 21 de maio, de todas as capitais do país para exigir Fora, Temer e Eleições Diretas, Já!


Copa Jaboatão realiza quinta edição em maio

O formato da competição será semelhante ao da Copa do Mundo.

Uma das competições mais tradicionais do calendário do futebol society em Pernambuco, a Copa Jaboatão já tem data para acontecer este ano. A quinta edição do torneio será realizada nos dias 12, 13 e 14 de maio, na Arena Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, e reunirá 32 equipes de todo o Estado. O formato da competição será semelhante ao da Copa do Mundo. 

Em 2017, a Copa Jaboatão de Futebol Society premiará o campeão com R$ 2 mil, o vice com R$ 500, o terceiro lugar com R$ 100, esse último valor também será dado ao artilheiro. Além disso, o autor do gol mais bonito e os vencedores do torneio receberão troféus e medalhas.

Na primeira edição, o time da Pioneira levantou o troféu. No ano seguinte, o título ficou com o Galáticos FC. América e Náutico completam a lista de campeões da Copa Jaboatão de Futebol Society.

UPE lança processo seletivo com 20 vagas

Segundo o edital do certame, inscrições poderão ser feitas até 7 de maio 

A Universidade de Pernambuco (UPE) realizará processo seletivo para a contração temporária de 20 técnicos em laboratório. Segundo o edital da seleção, publicado no Diário Oficial do Estado, os aprovados atuarão no Complexo Hospitalar da instituição de ensino.


De acordo com Diário Oficial do Estado, a seleção contará com avaliação curricular e os selecionados deverão atuar na área de análises clínicas. Durante a análise, a experiência profissional dos candidatos será levada em consideração. A remuneração salarial para os aprovados será de R$ 937.

Os interessados em participar do certame poderão se inscrever, por meio do endereço virtual da seleção, de 10 de abril até 7 de maio. A taxa de participação custa R$ 50. Segundo o cronograma do processo seletivo, o resultado final será anunciado no dia 2 de junho. Outros detalhes informativos podem ser obtidos no edital. 

Centro de Educação Ambiental de Olinda reabre para o público

Um espaço onde o meio ambiente é respeitado foi devolvido para o público de Olinda. O Centro de Educação Ambiental – Espaço Bonsucesso (CEA), localizado na Estrada do Bonsucesso, 306. O local é uma parceria entre a Secretaria Executiva de Meio Ambiente e o Ministério do Meio Ambiente que atende toda a população com um trabalho voltado para a sustentabilidade e preservação ambiental. 

Os estudantes do quarto ano da Escola Municipal Maria da Glória Advíncula, localizada no Guadalupe, tiveram a oportunidade de aprender sobre o meio ambiente em que habitam, como a sua casa, seu quarto, sua escola e a natureza, principalmente na preservação da fauna e da flora. “Aqui eles estão podendo ver na prática tudo que aprendem dentro da sala de aula” afirmou a secretária executiva de Meio Ambiente, Silvânia Cabral.  Além disso, colocaram a mão na massa para fazer papel reciclado e compostagem, que no futuro servirá de adubo para as praças do município. O aluno Almir Ferreira, nove anos, aproveitou bastante a visita. “Aprendi coisas novas aqui e pretendo ensinar pros meus irmãos e colegas”, disse.

A área é composta por um posto de coleta e depósito para papel, papelão, plástico, metal e vidro, que regularmente é removido pela Associação dos Recicladores de Olinda, gerando verbas para a entidade. O Grupo de Idosas Nossa Senhora do Rosário se reúne no local para produzir almofadas, chapéus, entre outros objetos de decoração, a partir de retalhos de tecidos que são recolhidos pela unidade. Nas segundas-feiras, às 9h, elas já começam a costurar seus produtos e esperam novas pessoas para aprender o ofício junto com elas. “Esse é meu primeiro ano aqui e estou gostando de tudo, estou ensinando e aprendendo, isso é muito bom para uma pessoa na minha idade”, contou  Maria Aurea, 69 anos.

APRENDIZAGEM – Além dos já citados, a localidade é formada por duas salas conhecidas como Sala Verde Marim dos Caetés, onde são realizados cursos. Na Sala de Capacitação são ministradas palestras e aulas para os visitantes.

TI estadual contra Lei do Uber

O consenso entre as quatro instituições é de que o a ideia de regulamentação é inevitável

A aprovação no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 05/04, do texto-base de projeto de lei federal que trata do transporte particular por meio de aplicativos de telefone celular - adotando um texto defendido por empresas como Uber, 99, Easy e Cabify - continua provocando reações em vários segmentos da sociedade.Ontem, o setor de tecnologia da informação (TI) de Pernambuco representado por Assespro, Softex, Seprope e Porto Digital convocou uma coletiva de imprensa para alertam que o dispositivo aprovado pode colocar em risco a cadeia produtiva da inovação no Brasil. 

O consenso entre as quatro instituições é de que o a ideia de regulamentação é inevitável, porém, as emendas que impõem regras - sobretudo a que pode converter os serviços em concessão pública - são “equívocos e erros” que vão de encontro ao conceito de “inovação tecnólogica e ao progresso competitivo de todo o País”.

Com a menor interferência governamental, o Porto Digital pôde prosperar e se tornar uma referência no Brasil todo”, exemplificou o presidente o órgão, Francisco Saboya. “A gente não pode deixar de alertar a sociedade sobre medidas retrógradas que levem o País de volta ao século 20”, criticou. “Que o governo regulamente, mas deixe o serviço fluir.”

Para crianças e adultos, Caixa Cultural oferece oficinas de contação e música

A oficina-espetáculo Cantando Histórias para Ler o mundo mostra o processo de aprendizagem através da leitura e da música

A Caixa Cultural Recife oferece oficina-espetáculo intitulada ‘’Cantando Histórias para Ler o Mundo’’ para pais, filhos, profissionais e escolas a fim de incentivar as habilidades de leitura e escrita através da literatura e da música. As oficinas, gratuitas, ocorrem dos dias 19 a 23 deste mês.

O projeto conta com seis oficinas para escolas, uma para profissionais de áreas como educação, arte, psicologia e assistência social, e uma programação exclusiva dedicada para pais e filhos. ‘’É importante a presença dos pais e não de babás ou cuidadores para que se aprenda e tenha a conexão com os filhos", observa a assessora de Imprensa do local, Juliana Romão.

O artista plástico e pesquisador Joaquim de Paula é o idealizador do projeto. Há mais de 20 anos ele se dedica à pesquisa e desenvolvimento de projetos pautados na importância da dimensão pedagógica da literatura por meio de contação de histórias, se preocupando também com a interação entre o adulto e a criança.

Para as escolas, serão seis oficinas com 40 vagas cada, nos dias 19, 20 e 21 de abril pela manhã (9h às 11h) e tarde (14h às 16h) para grupos escolares do Ensino Fundamental I. Inscrições pelo e-mail gentearteirape@gmail.com até 17 de abril.

Para profissionais, será uma oficina de capacitação com 30 vagas no dia 22, das 13h às 19h. As inscrições podem ser feitas até 17 de abril, por e-mail, com envio dos dados pessoais e um pequeno texto sobre o interesse em participar da atividade.

Para pais e filhos, será uma atividade com 50 vagas voltada para crianças de qualquer idade no dia 23, das 14h às 16h. Nessa categoria não há inscrição - senhas serão distribuídas uma hora antes.

Carta Aberta dos Conselheiros Tutelares a Sociedade Olindense

Olinda é uma cidade de grandes histórias, culturas e batalhas numa condição de referência em vários aspectos. Uma cidade com quase quatrocentos mil habitantes, um povo guerreiros que em todas as conquistas que tiveram foram com o suor de muitas lutas.  

Olinda é uma cidade referência em muitos seguimentos, cidade patrimônio, capital da cultura, cidade educadora, cidade amiga da criança dentre tantas outras. São títulos que nos referenciam com relação às políticas públicas implementadas ao longo de anos, resultado de muito debate, consulta social e democrática, um legado que precisamos lutar com unhas e dentes frente aos ataques conservadores que vem acontecendo no Brasil e em nossa cidade, lutaremos por nenhum direito a menos. 


Nós Conselheiros e Conselheiras Tutelares de Olinda integramos uma rede de assistência à criança e adolescente que tem uma importância impa para a efetivação dos direitos a esses jovens, somos um órgão autônomo justamente para cumprir nosso papel fiscalizador de maneira imparcial e independente, para isso buscamos sempre manter uma relação de diálogo e harmonia com os demais órgãos do sistema de garantia de direitos do município. 

Porém nos últimos meses tivemos essa relação interrompida de maneira arbitrária e inexplicável, desde início da nova gestão municipal do Prefeito Professor Lupércio, onde por diversas vezes buscamos o diálogo e a parceria no sentido de seguirmos buscando o melhor para as políticas de assistência social das crianças e adolescentes de Olinda. 

O que tivemos como resposta foi uma série de verdadeiros ataques por parte do atual Secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos da Cidade, aonde decisões sem nenhum diálogo vem interferindo diretamente na nossa atuação, nesses três meses da nova gestão tivemos por diversas vezes nosso trabalho interrompido por problemas estruturais como, veículo quebrado, falta de gasolina, impressora danificada, falta de internet, telefonia e etc. As ações repressivas agora estão atingindo diretamente a autonomia do Conselho Tutelar o órgão que é regido por uma lei federal e também por uma lei municipal. 

Nossa carta pública tem como objetivo informa a sociedade sobre os problemas que estamos enfrentando frente à gestão do Professor Lupércio, temos grandes desafios com as políticas públicas das crianças e adolescentes não podemos retroceder, nossa luta será sempre no sentido de avanço, não deixaremos nenhuma atitude nos calar, seguiremos lutando.  

Assinam Esta Carta os Conselheiros Tutelares de Olinda

Claudia Roberta, Luiz Carlos, Roberto Santana, Hilda Queiroz, Anderson Araújo, Polyanna Alves, Eurico Guedes, Charles Cleber, Luciene Salustiano e Josué Venceslau

Abril Pro Rock reabre o Centro Cultural Correios

Parte do centro cultural exibirá a 6ª edição da exposição Poster Arte Design

Paulo André Moraes comanda o abre oficial da programação do Abri Pro Rock, nesta quarta (12). O evento conseguiu feito e tanto: a reabertura de parte do Centro Cultural Correios, fechado há dois anos, com a 6ª edição da exposição Poster Arte Design. O tema é “Festivais do Mundo”, com posters, cartazes e prints de vários países. Depois, às 22h, tem a primeira noite do Abril Pro Rock Club, em que rolam shows menores. Bruno Solto faz abertura com o show do seu segundo CD solo, no Apolo 17.


Humberto diz que Temer vai fechar 400 farmácias populares

Líder da oposição no Senado, Humberto Costa (PT) denunciou que o presidente Michel Temer (PMDB) vai fechar quase 400 unidades do programa Farmácia Popular mantidas pela União. A medida, segundo ele, acontece depois do peemedebista cortar 20% dos estabelecimentos particulares credenciados na iniciativa. 

Em discurso no plenário da Casa, nessa quarta-feira (5), o senador pernambucano lamentou a decisão do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), de reduzir a quantidade de farmácias, o que vai, segundo ele, “prejudicar diretamente os mais vulneráveis, principalmente os idosos”.

“Um programa que chegou a atender quase 10 milhões de pessoas por mês está sendo completamente destruído por um governo que dá as costas à população mais pobre e a entrega aos próprios infortúnios”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, as farmácias credenciadas funcionam como um posto de medicamentos onde os consumidores conseguem comprar remédios a preços populares. “Isso é fundamental para milhões de famílias sem condições financeiras”, ressaltou. 

O Farmácia Popular foi criado em 2004 por Humberto, então ministro da Saúde do Governo Lula. Além dos medicamentos gratuitos para hipertensão, diabetes e asma, o programa oferece mais 11 itens, gratuitos ou com preços até 90% mais baratos, utilizados no tratamento de dislipidemia, rinite, mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma, bem como contraceptivos e fraldas geriátricas para incontinência urinária.

Fonte: LeiaJá

Conta de energia mais cara em Abril

 No mês de abril, os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas.

É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada. Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o consumidor.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Como funcionam as bandeiras

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Da Agência Brasil


RMR: usuários serão revistados com ônibus em movimento

PMPE começa a revistar passageiros com os ônibus em movimento


Para tentar reduzir o índice de assaltos a ônibus, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) começou uma nova modalidade de abordagem nos coletivos. Os policiais passarão a fazer a revista de suspeitos com os veículos em movimento. A ação terá início na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda. 

Essa nova modalidade também será implantada em outras localidades. A partir de segunda-feira (10), policiais militares dos demais batalhões das Áreas Integradas de Segurança (AIS) da capital e da Região Metropolitana farão as abordagens com veículos em movimento.

Normalmente, os policiais paravam os ônibus para abordar passageiros em atitude suspeita. Agora, a ideia é evitar atrasos nos coletivos. Os veículos serão acompanhados por uma viatura.

De acordo com a assessoria de comunicação da PMPE, o trabalho será realizado pelo 1º Batalhão Duarte Coelho (Olinda) e seguirá um cronograma traçado a partir das estatísticas de pontos com maior incidência de crimes.

A cada turno, vários coletivos serão alvo da ação. Ao terminar a abordagem em um ônibus, a equipe vai parar outro veículo. Repetirá a ação entre o Centro da Moda (Peixinhos), ponto inicial, e o Terminal Integrado de Xambá. No ponto inicial haverá outra viatura para fazer as revistas convencionais.

No dia 27 de março deste ano, a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) informou que 503 assaltos a ônibus foram registrados nos primeiros 86 dias de 2017. Os dados foram repassados durante entrevista coletiva.

Ao todo, foram 129 investidas criminosas contra coletivos somente em março. O número foi obtido por meio dos registros feitos até o fim do último domingo (26) de março.

Segundo o chefe da força-tarefa que investiga os assaltos a ônibus no Grande Recife, delegado Joel Venâncio, há uma projeção de redução de cerca de 20% para o fim de março, levando em conta a média diária dos crimes do tipo. Em 2017, foram quase seis investidas a ônibus por dia.

Primeiro edital para concurso do IBGE sai na segunda

Serão abertas 26.010 vagas, 171 delas para profissionais de nível superior em 18 diferentes áreas de conhecimento

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fará o Censo Agropecuário 2017 no início de outubro. Para isso, serão abertas 26.010 vagas temporárias, das quais, 171 serão para profissionais de nível superior em 18 diferentes áreas de conhecimento. As vagas restantes serão para nível médio. Na segunda-feira (10) sairá um certame com 1.071 postos, enquanto no final do mês serão publicadas as outras 24.939 ofertas.

O cargo de recenseador terá inicial de R$ 3 mil. O agente censitário regional receberá R$ 3.458, já o agente censitário administrativo ficará com um salário de R$ 2.018. Para agente censitário municipal, supervisor e de informática, inicial de R$ 2 mil. Já para analista censitário, o subsídio corresponderá a R$ 7.624.

Ao longo de cinco meses, os recenseadores vão visitar 5,3 milhões de estabelecimentos agropecuários em mais de 4 mil municípios no País, levantando informações sobre produção, características dos trabalhadores do setor, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos, entre outros temas. O papel da agricultura familiar na produção agropecuária também será pesquisado.

O orçamento total do censo será R$ 770 milhões em 2017 e 2018. Para este ano, os recursos serão de aproximadamente R$ 500 milhões. A coleta dos dados que vai durar cinco meses. Os resultados do Censo devem começar a ser divulgados em meados de 2018. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) fará a banca organizadora.

Domingo na Biblioteca Popular de Casa Amarela

Programação para a família em comemoração ao Dia do Livro Infantil


A Rede de Bibliotecas Pela Paz e o ICASS (Instituto Casa Amarela Saudável e Sustentável) por meio do projeto “Promovendo a Sustentabilidade em Casa Amarela”, está promovendo o Domingo na Biblioteca. Uma programação para a família, em comemoração ao aniversário de 1 ano de reinauguração e ao Dia do Livro Infantil. Tem contação de histórias, brincadeiras, música e dança.

Local: Biblioteca Popular de Casa Amarela – Rua Major Afonso Leal, S/N
Horário: Das 9h às 13h
ENTRADA GRATUITA

PROGRAMAÇÃO

* Contação de Histórias com alunos do curso Zumbaiar (Ney Macedo, Júlia Soares e Sônia Alcântara).
* Contação de Histórias com Glaucio Ramos
* Oficina de Jogos Teatrais e Leitura Dramatizada com Arte educadoras da Rede de Biblioteca Pela Paz.
* Apresentação do Tapete Voador
* Encerramento com Dinda Salú e o grupo de estudos de Cavalo Marinho

COMIDINHAS
* Quali Cakes

DESTRUIÇÃO DO SUS E DO ESTADO NACIONAL

Historicamente, depois de 1945 surgiram às primeiras experiências de direitos universais no mundo, com destaque para o National Health Service (NHS), na Inglaterra. E mais recentemente, com a Constituição de 1988, nasce no Brasil o Sistema Único de Saúde – SUS. Com a Constituição avançamos de forma significativa em termos de política universal, a qual os conservadores que usurparam o poder recentemente querem desmontar.

Wanderley Gomes da Silva*

A lógica dos neoliberais é que a democracia não cabe no orçamento. Como se o orçamento não fosse uma peça importante no debate do tamanho do estado na construção do projeto nacional de desenvolvimento de um país.

A recomposição do capitalismo pós-crise imobiliária de 2008 vem colocando na ordem do dia a diminuição do papel do estado nas políticas públicas entre outras medidas de caráter restritivo que vem fragilizando a soberania das nações. Na mesma lógica os representantes do pensamento neoliberal aqui no Brasil defendem que o mercado deve regular 100% das políticas de estado: isto significa que os interesses do capital deve estar no comando da gestão pública, seja através da terceirização dos serviços, das fundações, entre outras formas de gestão privada.

É comprovado que os gastos do orçamento nas políticas públicas contribuem consideravelmente na movimentação da economia, seja através dos empregos diretos ou indiretos ou no financiamento de projetos socialmente inclusivos. Esse tipo de gasto é fundamental nas políticas sociais do país, numa perspectiva desenvolvimentista, na lógica de um projeto includente, sustentável, soberano e democrático. Considerando que ele define o tipo, o papel e o tamanho do estado no financiamento do projeto de nação, nesse sentido é estratégico o debate do tamanho do orçamento enquanto instrumento que potencializa as políticas públicas de saúde e educação entre outras que amplie a universalização dos direitos sociais, do acesso à cidadania e do fortalecimento do estado nacional nas atividades econômicas estratégicas ao desenvolvimento do país e sua soberania nacional.

Sabe-se que o golpe de estado no Brasil faz parte da recomposição geopolítica no mundo, em que o capital financeiro internacional utiliza de instrumentos políticos, econômicos, diplomáticos e quando necessário militar, para impor seus interesses numa região ou em um país de referencia regional.

Hoje os golpes de estado se dão através do parlamento, da grande mídia, do Judiciário, e com apoio de setores reacionários comprometidos com os interesses estrangeiros. Importante ressaltar que a viabilização dos seus objetivos estratégicos consiste na aprovação de emendas antidemocráticas à Constituição Federal, como forma de legitimar a retirada de direitos sociais e trabalhistas. Outra trincheira dos conservadores é a via diplomática, com ações que objetivam enfraquecer a liderança do Brasil na América Latina. Adiciona-se a esta lógica a opção dos conservadores pelo distanciamento com os países que compõem o BRICS. Essas medidas comprovam que as forças que hoje estão no comando central da República estão implementando uma política de alinhamento ao grande capital, em particular o o norte-mericano. Uma das vertentes de enfraquecimento do Estado nacional foi à aprovação no congresso nacional da política de privatização do patrimônio público, na entrega dos serviços públicos a iniciativa privada-PP, caso mais recente a privatização das telecomunicações e a entrega de todo patrimônio desse setor ao capital, o que na prática inviabiliza o projeto de desenvolvimento soberano do país.

Com o advento do golpe, o que está em discussão é se o orçamento estará a serviço dos mercados ou do estado, do desenvolvimentismo ou do rentísmo, em fortalecer a saúde pública ou a saúde privada. Esta deve ser nossa preocupação no atual quadro político: a centralidade da nossa reflexão estratégica. Nesse sentido, temos aí um conflito de interesses que não é técnico, mas político e de projeto de nação. Projeto para qual classe e, com qual conteúdo de classe? Esse é o grande debate nacional. Vamos impedir que o país caminhe para a barbárie, vamos lutar pelo progresso social, por um projeto que nos aproxime da transição rumo a uma sociedade mais avançada e socialmente mais justa e democrática.

Está na lógica do sistema capitalista a limitação de direitos sociais e trabalhista, menos direitos para o povo e mais lucro para o capital, o paraíso para as elites e o martírio para a classe trabalhadora. O exemplo mais emblemático na conjuntura atual é essa proposta conservadora do governo Temer chamada de “Uma ponte para o futuro” – que na verdade é um ataque aberto aos direitos sociais duramente conquistados nos últimos trinta anos pela sociedade, além da retirada de direitos conquistados nos últimos oitenta anos, com destaque os ataques a CLT entre outras de valor histórico, as elites querem de volta a Velha República, os tempos de um país desindustrializado e agrário, destruição de todas as conquistas pôs revolução de trinta, querem de volta aquele estado que dependia do estrangeiro para tudo.

Diante da profunda recessão econômica precisamos lutar para que o Estado invista mais em políticas públicas como meio de garantirmos mais acesso da população aos serviços de qualidade, na valorização do trabalho, garantindo mais direitos sociais. Considerando que no momento a luta aberta entre a democracia e a barbárie é o termômetro da luta de classes, luta entre e os interesses do capitalismo e dos trabalhadores, entre o mercado e o estado, dos interesses daqueles que estão querendo impor a todo custo no Brasil. A “ponte para o futuro” que não levará o Brasil a um porto seguro, mas sim ao acirramento do conflito social, e é por isso que o campo progressista defende o fortalecimento do estado enquanto os neoliberais o mercado. O momento exige a construção de uma Frente Ampla em defesa dos direitos, da democracia e da soberania nacional.

Outro fator de alta relevância é que o desmonte do SUS, enquanto parte do desmonte do Estado Nacional tem como tônica a privatização dos serviços públicos, a precarização do trabalho, na lógica do capital é imperioso a desregulamentação de tudo, da terceirização geral no trabalho a diminuição do tempo de aposentadoria como a retrógada proposta de reforma da previdência entre outras restrições sociais e democráticas de dimensão histórica. É com a orientação do mercado e a serviço do capital financeiro que atualmente esta gente administra o país.

Algumas das propostas conservadoras colocadas como alternativas à crise econômica é a diminuição do tamanho e o caráter do SUS, transformando num SUS para pobres, sem qualidade, universalidade e equidade; diante dessa lógica conservadora é urgente aprofundar o debate da saúde pública, como a Desvinculação de Recursos da União, dos Estados e dos Municípios nesta e em outras políticas públicas, além da incorporação no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 da União (PLDO 2017) do dispositivo da antiga PEC-24155 que congela as despesas primárias no nível de 2016 por 20 anos, principalmente as sociais, o que representará uma queda das despesas per capita e reduzirá drasticamente o já insuficiente financiamento do SUS e da Seguridade Social em 413 bilhões. Exemplo, se a EC 95 estivesse em vigor a partir de 2003, deixariam de ser investidos no SUS nesse período R$ 135 bilhões até 2015, uma perda anual média de recursos equivalente a R$ 21 bilhões (ou cerca de 20% a menos do que foi aplicado pela União em 2015 em ações e serviços públicos de saúde).

O SUS é fundamental para o Brasil porque, apesar de todas as suas dificuldades, ele é um dos sistemas de saúde mais avançados do mundo, seu sentido de universalidade e de equidade torna-o democrático, importante destacar que ele é a expressão mais acabada enquanto conquista social consagrada na Constituição cidadã de 1988; preservá-lo num país em desenvolvimento, em recessão econômica e sob- feroz ataque aos direitos sociais significa fazer o contraponto da lógica neoliberal, é tratar a saúde pública enquanto política de Estado.

Apesar dos ataques diários da grande mídia o SUS é fundamental na vida da nação, o momento exige seu fortalecimento, considerando que ele por sua importância faz a diferença para parcela majoritária da população quando o assunto é saúde pública de qualidade, universal e equânime.

Fazer a privatização do SUS é cometer crime de “lesa pátria”, é levar milhões de brasileiros a morrer sem atendimento. Defende-lo na atualidade significa defender o estado numa política estratégica condicionada à qualidade de vida do povo, isso pressupõe que precisamos reforçá-lo através do financiamento adequado e perene ao seu pleno funcionamento. Atualmente, os gastos públicos consolidados em saúde (federal, estaduais e municipais) equivalem a 3,9% do PIB no Brasil; é preciso lutar para que se atinja gasto público mínimo segundo parâmetros internacionais para sistemas de cobertura universal, ou 8% do PIB, que é o mínimo internacional para gastos públicos com sistemas de acesso universal como o SUS, para que ele possa cumprir sua função social que é a de garantir saúde de qualidade com universalidade, equidade e aumento de cobertura ao povo brasileiro.

Quando o governo Temer aprovou a PEC 93 de desvinculação das receitas da União, estado e municípios para a saúde. Os conservadores aprovaram diminuir os gastos público com a saúde pública, na prática aceleram a destruição da estrutura do SUS. Porem o maior e devastador ataque a saúde pública no Brasil foi à aprovação da EC 95 que congela por 20 anos os gastos federais na saúde, estendendo este crime as demais políticas públicas, na prática essa orientação neoliberal resultará na extinção em curto prazo do SUS por absoluta “asfixia financeira”.

Na verdade, precisamos combater os interesses daqueles que apoiaram o golpe de estado e que hoje cobram a conta via Ministério da Saúde, cobrança que é expressa na proposta de expansão do mercado de planos de saúde, na acintosa proposta do chamado plano popular de saúde. Com destaque aos que atuam no complexo industrial da saúde, que estão muito interessados na privatização do setor, seja na gestão, na área de insumos, tecnologia de informação ou medicamentos.

Precisamos analisar este contexto tendo em consideração que a saúde pública e privada em conjunto representa 8,2% do PIB brasileiro. Trata-se de uma atividade econômica que vai muito além da prestação de serviços à população é, portanto, uma área de grande interesse e disputa do capital nacional e internacional.

Por isso, é preciso que a sociedade brasileira lute pelo SUS constitucional, aquele que garante a saúde como um direito. Um SUS universal, com qualidade e equidade, enquanto obrigação do Estado e direito do cidadão; não permitamos a volta do tempo anterior ao SUS em que os mais pobres eram tratados como indigentes e a atenção à saúde estava garantida somente para aqueles que faziam parte do mercado formal de trabalho.

A luta pelo SUS preconizado na Constituição é parte da luta pelo restabelecimento da democracia, pela normalidade da vida democrática do país, significa que o povo brasileiro precisa derrotar o golpe de estado que colocou a frente da presidência da república um governo ilegítimo que é fruto desse golpe. Precisamos o quanto antes eleger o presidente da República através do voto popular. Nesse sentido é importante reafirmar; Pela democracia, Diretas já.

Defesa da Constituição Federal do Brasil
Defesa da Democracia
Defesa dos Direitos 
Defesa do SUS

 *Wanderley Gomes da Silva é diretor de Saúde da CONAM e conselheiro nacional de Saúde.

Campanha Mundial de Combate à Tuberculose


Instituto Miguel Arraes debaterá problemas do Nordeste

Entidade lançará, em abril, o Movimento Transforma Nordeste

O Instituto Miguel Arraes começará (IMA) lançará, em abril, o Movimento Transforma Nordeste, através de uma plataforma digital interativa de debate dos problemas e soluções das questões da região. A iniciativa se estenderá por todo ano. Também será feito um seminário sobre os temas. O movimento abrirá o calendário de eventos.

“É missão do IMA e legado de Miguel Arraes a ampla discussão dos problemas e soluções do Nordeste, desde a crise hídrica, o acompanhamento de obras estruturadoras como a Transnordestina – que foi uma lembrança de Arraes ao então presidente Lula, como um resgate de uma obra idealizada por Dom Pedro II –, até assuntos como a segurança pública e o desenvolvimento regional,” comentou Antônio Campos, que presidente o Conselho Deliberativo do IMA.


Olinda em busca de soluções e melhorias

 O Prefeito de Olinda se reuniu-se com lideranças da cidade para debater os problemas que o município enfrenta. Além das visitas nas comunidades que o Prefeito Professor Lupércio vem realizando, está sendo montado um Grupo de Trabalho com o Movimento Social da cidade.

Na ocasião além da UNACOMO/PE o primeiro bate papo foi realizado com os trabalhadores, lideranças comunitárias e sindicais. A ideia é que esse seja um encontro contínuo da Gestão municipal com os envolvidos, na luta pela melhoria da cidade de Olinda.


Meia-passagem aos domingos só com VEM

A partir do próximo dia 26, a meia-tarifa aos domingos nos ônibus da Região Metropolitana do Recife (RMR) passará a ser concedida só a quem utiliza o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM). Quem optar por seguir pagando em dinheiro passa a ter que arcar com o valor inteiro da passagem (R$ 3,20, para o anel A, e R$ 4,40, para o B, por exemplo).

Conforme o Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), que publicou a medida no Diário Oficial do Estado no último sábado, a extinção do desconto para o pagamento em espécie, que era concedido desde 2004, busca incentivar a migração dos passageiros para a bilhetagem eletrônica e reduzir a quantidade de dinheiro em circulação dentro do transporte coletivo. O problema é que, segundo usuários, a novidade ocorre em meio a deficiências na rede de recarga dos cartões, frequentemente alvo de críticas.

As discussões sobre o tema ocorrem desde o ano passado, quando o cenário era o oposto: só tinha direito à meia-tarifa no primeiro dia da semana quem pagava em espécie. Até que, em setembro, o CSTM publicou uma resolução estendendo o benefício aos usuários do VEM, mas o encerrando para o pagamento em dinheiro em até quatro meses. O prazo terminaria em dezembro, mas foi adiado até esta semana. Vale lembrar que, para ter o desconto, só usando o VEM Comum. A modalidade “Trabalhador” do cartão está fora dessa lista.

Além da meia-tarifa aos domingos, o VEM já é a única forma de pagamento admitida, inclusive em dias úteis, em ônibus de mais de dez linhas que circulam sem cobrador na RMR ou que fazem integração temporal. A dificuldade é encontrar máquinas de recarga que funcionem, principalmente em terminais integrados e estações de BRT. Nas redes sociais, passageiros têm reclamado.

Toda semana essas máquinas estão quebradas, fora do ar”, afirmou a usuária Natália Santos. Queixa parecida à da passageira Lúcia de Fátima. “Andei procurando o cartão em todas as estações e nenhuma tinha para vender”, postou. Em alguns casos, é preciso seguir até o posto do VEM na rua da Soledade, no Centro, para pôr créditos.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Urbana-PE) afirma que tem investido na modernização da bilhetagem eletrônica e na ampliação da rede de venda de créditos, operando com mais de 70 terminais de autoatendimento. Ainda segundo a instituição, também é possível recarregar os cartões em mais de 500 pontos de venda na RMR e por meio do aplicativo Rede Ponto Certo Cartão VEM.

Contudo apresentado o Governo do Estado através do Consórcio Grande Recife, excluem os trabalhadores de usarem o seu VEM, os usuários que não tem acesso ao Cartão e normalmente paga em dinheiro, obrigando a comprar o cartão que custa R$10,00, onde muitas vezes o trabalhador, o estudante e o desempregado tem apenas 01 ou 02 passagens para ir ao seu destino. Além de pagar pelo cartão, somos obrigados a pagar uma taxa todas as vezes que formos recarregar o carão, então pagamos uma conta alta, além do absurdo o valor da passagem anida temos que pagar pela recarga.

Ainda temos a demissão dos trabalhadores que atuam como cobradores, nos ônibus, além de sermos privados da escolha de pagar com cartão ou dinheiro as empresas estão engrossando ainda mais o número de desempregados com a demissão dos cobradores de ônibus.

Não vamos ficar parados, vamos denunciar!!!

Marcos Morais
Presidente da UNACOMO/PE

O Cachorro Teimoso do Jd. Atlântico

O bloco Carnavalesco " O Cachorro Teimoso do Jd. Atlântico" recebeu o certificado como um dos Blocos de Rua mais organizados da cidade de Olinda.

O bloco esteve muito bem organizado, com bastante segurança, contribuiu para o sucesso do Carnaval de Olinda em 2017. Durante almoço especial em restaurante de Olinda o certificado assinado pelo Prefeito Lupércio e pelo Sec. de Cultura Gilberto Sobral foi passado pelo Diretor de Cultura Fred Nobrega as mãos dos diretores do bloco Sr. Pedro Paulo, Presidente do bloco, Sr. Genaldo, Sec. do bloco e ao Sr. Marcos Morais, Tesoureiro do Cachorro Teimoso.

Os presentes no encontro agradeceram a homenagem da prefeitura em nome de toda a sua diretoria, e comprometeram-se que em 2018 iriam se esforçar para realizar um Carnaval melhor ainda.

Inscrições abertas para cursos gratuitos de idiomas da UFPE


A UFPE está com inscrições abertas para cursos gratuitos de inglês, espanhol, francês e alemão. As aulas fazem parte do Programa de Educação Tutorial (PET) Conexões Gestão Política-Pedagógica. São oferecidas 25 vagas para cada turma. Desse total, 60% são para estudantes de escolas públicas. A idade mínima para participar é 16 anos. Os interessados têm até o dia 20 para se inscrever.




Cada turma terá um período de inscrições específico descrito no edital. Para participar, o aluno só terá que pagar uma taxa de matrícula, ao custo de R$ 50.

Direito Do Trabalho








Fazer piadas de mau gosto e usar expressões discriminatórias com o intuito de depreciar e diminuir o valor social da pessoa é assédio moral. Não fique calado! Denuncie!

Concurso incentiva estudante a criar desenhos, vídeos e projetos sobre a preservação da água

Podem participar alunos da rede estadual de ensino, as inscrições encerram no dia 12 de abril.

Pernambuco enfrenta o sexto ano consecutivo de seca e os efeitos severos da escassez de um recurso natural essencial para a vida de todos: a água. Nesse cenário, que sensibiliza toda a população, do Litoral ao Sertão, a proposta do Concurso Cultural "Água: juntos vamos preservar - Ano 3" ganha ainda mais força e importância ao incentivar os estudantes da rede estadual de ensino a usarem a criatividade para transformar suas ideias de preservação da água em desenhos, vídeos (curta-metragem) ou projetos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas, até o dia 12 de abril, pelo site.

O concurso, realizado pela Compesa e Secretaria de Educação do Governo do Estado, com apoio do Shopping Riomar, ASA e Tec-Hidro, faz parte da programação da campanha educativa em comemoração ao Dia Mundial da Água que será promovida pela equipe social da companhia. Durante todo o mês de março, a Compesa vai mobilizar as principais escolas das regiões Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Agreste e Sertão, além do Distrito Estadual de Fernando de Noronha, com ações educativas que estimulem os alunos a participarem do concurso cultural.

Os estudantes matriculados regularmente no Ensino Fundamental, Médio e na Educação para Jovens e Adultos (EJA) podem participar e apresentar trabalhos com propostas e reflexões sobre o uso sustentável e racional da água potável e sua distribuição nas cidades de Pernambuco, além de formas de conservar e proteger os mananciais para a produção de água. Os trabalhos feitos em desenhos devem ter como autores crianças dos primeiros anos iniciais do Ensino Fundamental (6 a 10 anos) e precisam ser elaborados em papel tamanho A4, utilizando lápis de cor, giz de cera e caneta hidrocor.

A categoria vídeo (curta-metragem) é voltada para alunos dos anos finais do Ensino Fundamental (10 a 13 anos) e EJA (fases 3 e 4) que devem produzir um DVD de filme com duração de cinco minutos - nos formatos avi, mp4 ou mov. Para os estudantes do Ensino Médio e EJA (Médio) o desafio é elaborar projetos com a temática do concurso, adotando uma perspectiva reflexiva, preventiva e interdisciplinar. Serão premiados os três primeiros lugares de cada categoria e também os professores orientadores. Todas as informações e regulamento podem ser acessados no edital do concurso publicado no site www.educacao.pe.gov.br.

Os trabalhos vencedores serão expostos no Shopping RioMar Recife durante as comemorações da Semana do Meio Ambiente, no mês de junho.

ATO PUBLICO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Sexta-feira dia 17 de março
CONCENTRAÇÃO ÀS 14 HORAS NA PRAÇA DO DERBY

FORA TEMER
NENHUM DIREITO A MENOS

É uma iniciativa dos sindicatos, movimentos sociais e centrais sindicais para barrar as reforma da previdência e trabalhista.